Movimento gay consegue impedir cristãos de exercer sua profissão

Uma intensa luta está acontecendo na área das profissões, imagine só, no Canadá. A liberdade religiosa dos cristãos está em constante rota de colisão com os chamados “direitos de igualdade” de grupos LGBT.

Em 24 de abril, as maiores províncias do Canadá decidiram não admitir para cargos públicos profissionais graduados na Universidade cristã Trinity Western. O motivo é a exigência da escola para que alunos (e professores) voluntariamente assinem no momento da admissão ou contratação, uma declaração se opondo ao casamento homossexual.

Com isso, as províncias da Nova Escócia e Columbia Britânica forçaram os novos advogados formados na Trinity Western a ingressar com um pedido na Suprema Corte do Canadá. Os alunos da universidade afirmam que a mudança na opinião pública nos últimos anos e a legalização do casamento gay têm gerado preconceito contra quem se opõe.

Com o casamento homossexual legalizado no país, os cristãos canadenses estão enfrentando acusações constantes de intolerância. Os líderes de grupos LGBT exigem que a Trinity acabe com a “cláusula discriminatória” que impediria o ingresso de alunos gays.

A instituição cristã alega que isso põe em risco a liberdade religiosa garantida pela constituição.  Mesmo sendo uma escola particular fundada e dirigida por uma instituição religiosa, a tendência é que a Suprema Corte os obrigue a mudar de ideia.

Este novo “embate” entre a liberdade religiosa e os chamados direitos de igualdade chama atenção por ser realizado abertamente em um país como o Canadá.

O ativista gay Joe Arvay deixou claro que “ninguém está pedindo que os estudantes ou professores que são religiosos abandonem suas crenças”, mas quer o fim de práticas que considera homofóbicas e que perpetuam o “discurso de ódio”.

Alguns anos atrás, seria absurdo dizer que os cristãos que acreditam no casamento tradicional heterossexual são semelhantes aos racistas. Hoje, sua postura incita o debate sobre a discriminação contra outros grupos, colocando os gays na mesma categoria que pessoas com deficiência ou as minorias raciais.

Outras instituições de ensino cristãs do país se preparam para o que consideram “efeito dominó”. Elas temem que em breve enfrentarão também limitações nas oportunidades de emprego dos seus graduados.

Em outros países, como no vizinho Estados Unidos, questões profissionais relacionados com a fé têm chegado até os tribunais. Nos últimos meses, dois casos chamaram atenção. Uma panificadora foi condenada a pagar indenização por ter se recusado a fazer um bolo de casamento para um casal gay.

Um estúdio de fotografia que se recusou a fazer as fotos do casamento de duas mulheres chegou até a Suprema Corte.

Já na Inglaterra, um casal cristão, dono de uma pousada, foi obrigado a pagar indenização a um casal homossexual por ter se negado a alugar um quarto para eles. No momento, outros casos similares aguardam pela decisão da justiça. Com informações Frontpage Mag

Fonte:GospelPrime

Igreja faz campanha de oração por chuva e vê milagre acontecer

Centenas de cristãos da cidade de Austin, no Texas, pediram a intervenção divina para aliviar a sua cidade de uma seca sem precedentes. Poucos dias depois de uma campanha maciça de jejum e oração ao longo de uma semana, a chuva caiu.

Os membros das igrejas evangélicas agora oram agradecendo pelo milagre. Obviamente os críticos alegam que foi apenas coincidência.

“Eu acredito que Deus pode fazer grandes coisas e acredito que ele vai fazer chover” afirmava Emily Davis, uma cristã de Austin, em uma entrevista para a rede Fox dias antes da chuva começar.

Para a maioria dos cidadãos da região, não há dúvidas que foi um milagre. Não havia previsão de chuvas. Os dois reservatórios da região, Lago Travis, estão bem abaixo do nível considerado ideal. Mais chuva ainda é necessária nos próximos dias para minimizar os efeitos da seca.

O meteorologista Bob Rose foi consultado e explica que durante o mês de maio em algumas áreas as chuvas foram maiores do que o esperado.

“Falo pelo lado científico agora. Estou olhando para todos os gráficos e vendo como a atmosfera se comporta. A média de chuvas nessa área é de cerca de 12 centímetros. Mesmo assim, em alguns pontos a precipitação foi realmente acima do normal para o mês de maio”, explicou ele à Fox.

O pastor Will David Jr. da Austin Christian Fellowship conta que iniciou semanas atrás uma campanha entre os fiéis para que o maior número de pessoas possível intercedesse pela situação. O movimento cresceu espontaneamente e atraiu milhares de pessoas, membros de várias igrejas da região. Eles estiveram inclusive na câmera de vereadores e convidaram autoridades para se juntar a eles.

O movimento cresceu e chamou atenção da mídia que passou a cobrir a campanha. No dia 22 de maio, membros de diversas igrejas evangélicas da cidade reuniram-se no templo da Igreja batista de Hyde Park para uma maratona de oração. Durante o dia inteiro, liderados pelo pastor Kie Bowman, os fiéis intensificaram suas orações e decretaram um período de jejum. E eles dizem que continuarão orando até a seca passar.

Para o pastor Will David Jr., essa sempre foi uma questão séria. “Quando anunciamos que estávamos orando, usamos o nome de Deus. Era isso que estava em jogo a partir daí”.

Cinco dias depois, uma tempestade caiu na região, com chuva forte o bastante para ajudar a elevar o nível do Lago Travis até quase o mínimo necessário para evitar o racionamento. Com informações The Blaze.

Fonte:GospelPrime

“Mendigo” surpreende passageiros de ônibus em Goiânia; Assista

O projeto “Operação Evangelismo” idealizado por Nonay Foralskelse e produzido pela “Ministração Criativa” reúne equipes de jovens motivados com o propósito de evangelizar de forma estratégica usando o teatro para difundir a palavra de Deus

“Pensamos em uma forma de mostrar o pecado das pessoas que antes só ouviam falar pecado, mas não tinha alguma ilustração sobre ele”.

A ideia central era de um homem vestido com roupas sujas, maltrapilho, fedendo e aparentemente triste. Então, esse homem surge em um terminal de ônibus de Goiânia segurando um cartaz que tinha a seguinte frase: “Hoje eu não quero nenhum centavo, apenas seu abraço”.

Em seguida, ele entra em um ônibus e começa a falar que queria somente um abraço e que não se sentia amado há muito tempo. Todos olham, mas permanecem indiferentes, até que uma senhora se levanta e lhe dá um abraço. Para a surpresa de todos, algo acontece após esse abraço.

Assista ao vídeo:

Feira de Santana – BA também se mobilizou para essa primeira ação evangelística O projeto é de convocação para todo o país. Essa convocação é feita pelas redes sociais onde os jovens interessados montarão o seu batalhão de evangelismo e seguirão os passos da estratégia que será enviada pela equipe de Nonay.

“As ideias são direcionadas por Deus, pois não queremos fazer nada por emoção ou agito. Oramos e pedimos uma direção dEle para que façamos um evangelismo impactante”.

O vídeo foi postado no canal “Ministração Criativa” e tem impressionado evangélicos nas redes sociais. O ministério possui também uma página no Facebook chamada Ministração Criativa (fb.com/MinistracaoCriativa)

Projeto quer enviar Antigo Testamento à Lua

O Google Lunar X PRIZE é um projeto que existe desde 2007. São 20 milhões de dólares oferecidos em prêmios para quem consiga enviar um foguete que pouse com segurança na superfície da Lua, ande por pelo menos 500 metros e transmita o evento pela internet.

“Mais da metade da população do mundo nunca teve a oportunidade de ver uma transmissão ao vivo da superfície lunar”, dizem os organizadores. Até agora nenhuma empresa conseguiu realizar o feito, mas vários programas diferentes estão em andamento e devem ser lançados até o final de 2015.

Entre os muitos projetos inscritos está o de uma equipe de Israel que deseja enviar junto com o foguete uma cópia da Torá para a Lua. A Torá inclui os cinco primeiros livros do Antigo Testamento, sendo a base da fé judaica.

Não seria a primeira vez que um texto religioso é enviado para o espaço. Na véspera de Natal, em 1968 a NASA provocou indignação entre os ateus, quando os astronautas da espaçonave Apollo 8 leram o Livro de Gênesis enquanto orbitavam ao redor da Lua. Três anos depois, os astronautas Apollo 15 deixaram uma cópia da Bíblia em solo lunar.

O projeto conhecido como Torá na Lua está sediado na capital Tel Aviv. Uma sonda projetada pelo Laboratório SpaceIL, da Tel Aviv University estava projetada, mas seu envio foi cancelado. A opção agora é fazer uma parceria com a equipe lunar de Barcelona, também inscrita no Lunar Prize, mas ainda não houve confirmação sobre um acordo.

Além de fazer o exemplar da Torá chegar até a Lua, outro grande obstáculo é criar uma cápsula que o faça resistir ao clima extremo. À luz do sol na superfície lunar pode chegar a um escaldante 123° de calor, mas à noite ele chega a 173° negativos. As primeiras cápsulas criadas pelo Spacell não suportaram essa variação de temperatura. O custo aproximado do projeto atual é 240 mil dólares, que serão arrecadados através de doações pela internet.

A perspectiva de criação de uma “cápsula do tempo” da vida na Terra não é exatamente novidade. O objetivo é preservar o legado da humanidade caso ocorra uma catástrofe global, como uma guerra nuclear ou a colisão com um asteroide.

O pergaminho sagrado judaico não seria a única obra do tipo sendo enviada relata a revista New Scientist. Há projetos similares que incluem os Vedas (escrituras hindus) e o I-Ching (antiga obra filosófica chinesa).

“Este é um projeto incrível”, disse o fundador do grupo judeu, Paul Aouizerate. “Estes três textos estão entre os documentos mais antigos da Terra, escritos mais de 3.000 anos atrás”.  Em última instância, o objetivo é garantir que uma parte significativa da cultura da Terra permaneça na Lua como maneira de preservá-los, como uma “cápsula do tempo”.

Na verdade, duas sondas Voyager da NASA, que já estão no espaço contém algo chamado de “Registro de Ouro”. São registros da vida da Terra e da cultura humana, incluindo sons da natureza a imagens de seres humanos. Com informações Daily Mail e News Cientist.

Fonte:GospelPrime

Padre mexicano é acusado de 100 casos de abusos contra crianças

Um cartaz gigante colocado na capital de San Luis Potosí, no México, pede para que vítimas de abuso sexual cometidos por um padre o denunciem.

A foto do religioso está estampada para que as vítimas possam o reconhecer ao lado da inscrição: “¿Fuiste víctima? ¡Denuncialo!” [Foi vítima? Denuncie-o] com os dados para realizar a denúncia, tanto por e-mail como através do Facebook de uma fundação de apoio às vítimas.

O nome do religioso é Eduardo Córdova, ele é acusado de abusar de mais de cem crianças que estudavam em uma escola privada localizada em San Luis Potosí, capital do estado de mesmo nome.

O procurador de Justiça Miguel Covarrubias está acompanhando as investigações e pediu para que o arcebispo da região, Carlos Cabrero, para que ele repasse os arquivos com todas as denúncias feitas contra o sacerdote.

Em resposta, o porta-voz do arcebispado de San Luis Potosí, Jesús Priego, reconheceu durante entrevista coletiva que existe um arquivo aberto no Vaticano que investiga Córdova por pederastia.

O padre Eduardo Córdova é uma figura influente na região, ele já atuou no Conselho Cidadão pela Transparência, ao lado do governo local, e também no Conselho dos Direitos Humanos.

A campanha no outdoor pretende estimular as vítimas a fazerem denúncias para que o padre seja punido por conta desses crimes cometidos. Com informações R7.

Fonte:GospelPrime

Personagem de “A Grande Família” vira evangélica, mas cai na bebida

A personagem Lurdinha pagou pelos crimes que cometeu no seriado “A Grande Família”, da Globo, e voltou da prisão diferente, tão diferente que a família Silvia não conseguiu acreditar na mudança.

Lurdinha (Maria Clara Gueiros) se tornou evangélica na prisão e a família concordou em dar uma nova chance à ela permitindo que ela trabalhasse como empregada. Ao longo do episódio exibido na quinta-feira (22) a empregada mostrou que é uma nova pessoa, fazendo todo o trabalho da casa e provando que merece o voto de confiança de seus patrões.

Mas Agostinho (Pedro Cardoso) não estava convencido da conversão de Lurdinha e resolveu testá-la oferecendo bebida. A empregada relutou, mas acabou cedendo e bebeu muito, voltando a cometer alguns crimes: roubou a televisão da casa e o carro de Bebel (Guta Stresser).

Depois que acordou da ressaca, Lurdinha percebeu que pisou na bola e resolveu pedir desculpas a todos. Arrependida, ela conseguiu convencer a família Silva a lhe dar uma nova chance e continuou trabalhando na casa.

Essa não é a primeira vez, e ao que parece não será a última, que personagens de novelas e seriados da Rede Globo se convertem, mas continuam com personalidade duvidosa. Ano passado em Avenida Brasil, a atriz Paula Burlamaqui interpretou Dolores, uma ex-atriz pornô que mesmo após a conversão tirou a roupa em frente a seu ex-marido. Confira o trecho do programa na íntegra aqui.

Fonte:GospelPrime

Explosão de ônibus mata 33 crianças que voltavam da igreja

Um ônibus explodiu no último domingo (18) em Magdalena, departamento ao Norte da Colômbia. O veículo transportava crianças que voltavam de uma atividade em uma igreja pentecostal.

Com a explosão, 33 crianças morreram e 18 ficaram feridas. As vítimas tinham idade entre 2 e 12 anos de idade e morreram queimadas.

As crianças estavam sob responsabilidade da Fundação Magdalena, entidade ligada à igreja, que agora responderá pela morte. A causa da explosão do veículo está sendo investigada, mas sabe-se que o ônibus não tinha saída de emergência, e por este motivo apenas as crianças maiores conseguiram sair, mas todas com graves queimaduras.

Uma das hipóteses sobre o acidente, segundo a polícia local, seria que o dono do ônibus transportava gasolina contrabandeada, uma prática comum naquela região da Colômbia.
Testemunhas dizem que o fogo se espalhou rapidamente no veículo e que ele explodiu em questão de segundos, antes mesmo da chegada dos bombeiros.

Pelo Twitter o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, lamentou a tragédia e afirmou que o país estava de luto em homenagem às crianças e em respeito aos familiares.

O presidente revelou também que o ônibus possui seguro obrigatório de acidentes de trânsito, medida adotada no país há dois anos, o que pode cobrir as despesas das famílias.

De acordo com a Agência Brasil, os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal de Barranquilla, que fica no centro urbano mais próximo de Magdalena, as famílias terão que reconhecer os corpos através de DNA ou pela identificação da arcada dentária, pois as crianças tiveram seus corpos carbonizados.

Fonte:GospelPrime

Deputado evangélico apresenta projeto de lei para proibir a marca da besta no Brasil e impedir a implantação da “satânica Nova Ordem Mundial”

O deputado federal missionário José Olímpio (PP-SP), da Igreja Mundial do Poder de Deus, apresentou um projeto de lei que visa impedir o surgimento de uma “satânica Nova Ordem Mundial”.

O controverso projeto de lei foi apresentado na Câmara dos Deputados na última quarta-feira, 14 de maio, sob o argumento de que o Poder Legislativo deve se antecipar à possibilidade do “fim do mundo”, proibindo que a “marca da besta” seja concretizada com a implantação de chips nas pessoas.

“Tendo em conta que o fim dos tempos se aproxima, é preciso que o Parlamento brasileiro se antecipe aos futuros acontecimentos e resguarde, desde logo, a liberdade constitucional de locomoção dos cidadãos”, argumentou o missionário.

Segundo Olímpio, é urgente que “se proíba a implantação em seres humanos de chips ou quaisquer outros dispositivos móveis que permitam o rastreamento dos cidadãos e facilitem que sejam as pessoas alvo fácil de perseguição e toda sorte de atentados”.

O projeto, identificado na Câmara como PL 7561/2014, diz ainda que os argumentos de que os chips são desenvolvidos pensando na segurança das pessoas são falsos. “O povo brasileiro não deve se iludir com tais artifícios, que escondem uma verdade nua e cruel: há um grupo de pessoas que busca monitorar e rastrear cada passo de cada ser humano, a fim de que uma satânica Nova Ordem Mundial seja implantada”, escreveu o deputado.

Por fim, o missionário alerta para as profecias apocalípticas: “A Bíblia Sagrada, no livro de Apocalipse, capítulo 13, versículos 16 e 17, diz o seguinte: ‘16 – E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, 17 – Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome’”.

Fonte:Gospel+

Pastor é preso por protestar contra o aborto; Cartazes diziam que prática é assassinato de crianças

Um pastor que protestava contra o aborto num cruzamento foi preso por segurar um cartaz que dizia que a prática mata crianças. Stephen Joiner foi detido por quatro horas por supostamente ter desobedecido um policial que ordenou que ele deixasse o local.

Joiner é líder da Igreja do Nazareno, na cidade de Columbus, Mississippi, e agora é beneficiário de uma ação por conta de sua prisão, considerada abusiva.

O Conselho de Liberdade entrou com um processo de direitos civis contra a prefeitura da cidade e o capitão da Polícia, Frederick Shelton, em nome do pastor.

Durante a audiência do processo, o capitão Shelton acusou o pastor de violar leis municipais que regulamentam manifestações em grupo, porém, a defesa argumentou que o pastor estava sozinho no momento de sua prisão.

“A Primeira Emenda protege o direito dos cidadãos de se expressar sobre as vias públicas livres de interferência do governo”, disse Mat Staver, fundador e presidente do Conselho de Liberdade. “As ações da cidade foram totalmente injustificadas e são uma afronta aos direitos fundamentais de todos os americanos. Mesmo o discurso impopular é protegido quando pacificamente expressa, como o pastor Joiner fez aqui”, acrescentou Staver.

Fonte:Gospel+

“Cristo Suburbano”: Documentário apresenta panorama do punk rock cristão no Brasil

O Projeto Cristorama acaba de lançar um documentário com um panorama da cena do punk com temática cristã no Brasil. Intitulado “Cristo Suburbano – Documentário Punk Underground Cristão”, o filme apresenta bandas que apesar de sua fé e letras, não perdem em momento algum sua contestação, acidez e criatividade extrema.

No exterior, o gênero é representado por nomes como Altar Boys, The Predators, 100% Proff, Nobody Special, One Bad Pig, Lust Control e The Lead. Ao apresentar a cena brasileira do gênero, o documentário apresenta bandas de todo o Brasil, como Ressurreição (SP), Crush Hell Machine (CE), Dexin (SP), New Life Tones (SP), Thimoteos (SP) (atual No More Zombies) , Soberano (SP), Romanos Se7e (SP), Living Fire (SP), F.M.I. (Fabuloso Mundo de Ilusões) (PE) e CxFxI (RJ).

Segundo o site Whiplash, o filme apresenta um grande leque de variações do gênero punk, que vai desde o mais clássico, seguindo pelo hardcore, hardcore melódico, emocore, crossover e até thrash metal.

“Cristo Suburbano” conta ainda com o depoimento do pastor Batista da banda Antidemon, uma das representantes mais conhecidas do gênero no Brasil, e com a citação de outras bandas da cena, como Theosophy, Ruptura e Radioativos.

Assista ao documentário:

Fonte:Gospel+

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 524 outros seguidores