Serial Killer condenado a seis prisões perpétuas se converte ao Evangelho e recusa liberdade condicional: “Jesus já me perdoou”

Um serial killer condenado a seis prisões perpétuas pela morte de seis jovens e tentativa de homicídio de outros sete no verão de 1977 revelou seu testemunho de conversão ao Evangelho e disse que se sente perdoado por Deus.

David Berkowitz, também conhecido como o “Filho de Sam” nos Estados Unidos, abriu mão da primeira audiência de liberdade condicional desde que foi preso, em 1977. A próxima audiência de liberdade condicional a que ele tem direito está prevista para 2016, segundo informações do New York Post.

O advogado de Berkowitz, Mark J. Heller, afirmou que os motivos de seu cliente ter aberto mão de sua condicionais foram questões de fé: “David me disse que a razão pela qual ele nunca procurou a liberdade no conselho de condicional é porque ‘Jesus já libertou seu coração, alma, mente e o perdoou’”.

Heller revelou que o assassino havia sido criado como judeu praticante, mas se converteu ao cristianismo após a prisão e se tornou um líder dos fiéis na penitenciária, além de trabalhar como assistente do diretor da prisão do condado de Sullivan.

Em 2012, numa entrevista ao Daily News, Berkowitz explicou que o apelido “Filho de Sam” foi dado a ele porque ele alegou no momento da prisão que um cachorro chamado Sam o havia dito para atirar contra os jovens.

“Eu digo a você, eu senti como se estivesse sob o controle demoníaco […] Eu nem sequer reconheço essa pessoa. ‘Filho de Sam’ representa coisas más e satânicas. Essa pessoa é como um total estranho para mim agora. Deus colocou algumas pessoas realmente grandes, que cuidam da minha vida. Para mim, eles são mais do que amigos, eles são família. Eu serei o primeiro a dizer que eu não mereço ter minha vida poupada , mas acredito que Deus poupou minha vida para eu fazer as coisas que eu estou fazendo agora”, disse o detento, que finalizou: “Eu quero que as pessoas vejam que o meu Deus é um Deus de milagres. Se ele pode salvar alguém como eu, ele pode salvar qualquer um”.

Fonte:GospelMais

Cristão tenta se candidatar ao cargo de presidente da Síria

Um cristão tentou se candidatar para presidente da Síria, mas sua candidatura não foi aceita. As eleições no país, que vive uma guerra civil, estão marcadas para acontecer no dia 3 de junho.

Vinte e quatro pessoas apresentaram interesses pelo maior cargo público do país, entre eles Samih Mikhael Moussa, um cristão que enviou seus dados para a Suprema Corte Constitucional da Síria.

Moussa sabia que seu pedido poderia ser rejeitado, já que por muitos anos a Constituição do país exigia que os candidatos fossem muçulmanos. Mas em março do ano passado o Parlamento refez o artigo sem citar a crença religiosa dos candidatos.

Mesmo assim o Tribunal Constitucional não aceitou a candidatura do cristão e os sírios terão que escolher entre três candidatos: Bashar Al Assad, atual presidente do país; Maher Abdel Hafez, que atua como deputado e Hassan Abdullah Al Nuri, ex-ministro.

Apesar da rejeição do candidato cristão, essa eleição será histórica na Síria, pois pela primeira vez os eleitores terão três opções.

Para poder se candidatar ao cargo de presidente da Síria é preciso ser homem, de origem árabe-síria, ter mais de 40 anos e que tenha vivido no país por pelo menos dez anos. Com informações Portas Abertas.

Fonte:GospelPrime

Projeto “cura gay” é reapresentado e volta para a Comissão de Direitos Humanos

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados voltou a discutir o projeto de lei que visa derrubar a resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) a respeito do tratamento de homossexuais.

Chamado pela mídia de “cura gay” o polêmico projeto foi reapresentado pelo deputado pastor Eurico (PSB-PE), ele acredita que a Resolução nº 1, de 22 de março de 1999 do CFP está “eivada de equívocos e atitudes preconceituosas”.

Na fala do parlamentar, o artigo que proíbe o psicólogo de atender um homossexual que se queixe de sua orientação sexual está passando “dos seus limites de competência legislativa”.

A sessão da CDHM desta quarta-feira (14) já iria escolher um relator para o projeto que em julho do ano passado chegou a passar pela Comissão, mas devido a pressão dos ativistas do movimento gay, de deputados e do próprio CFP acabou sendo arquivado.

Ainda no ano passado, quando o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) estava como presidente da CDHM, o projeto foi analisado e aprovado, mas uma votação simbólica no plenário da Câmara fez com que o PDC 234/2011, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO) saísse de tramitação.

Com o arquivamento da proposta, o regimento interno da Câmara permite que o projeto seja reapresentado novamente no ano seguinte, isso em 2014, se fosse votada e derrubada pelos votos no plenário só seria possível reapresentar o texto em 2015. Com informações Estado de Minas

Fonte:GospelPrime

Pastor Silas Malafaia convoca cristãos a participaram da campanha contra a descriminalização das drogas no Brasil

O pastor Silas Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, está convocando cristãos a participarem de uma campanha contra a descriminalização das drogas no Brasil. Através do seu site, Malafaia incentiva as pessoas a votarem “não”, na enquete feita pela Câmara dos Deputados sobre o tema.

A enquete traz a seguinte pergunta: “Você é a favor da descriminalização das drogas para consumo próprio?”.

O texto publicado no site do pastor critica a possibilidade da descriminalização, afirmando que o vício de drogas atinge quase seis entre cada 100 brasileiros, sendo 8 milhões de pessoas que provocam problemas em suas famílias. O que resulta em um total de cerca de 28 milhões de brasileiros atingidos indiretamente pelo vício de drogas.

– A maconha causa perda cognitiva, ao invés de redução de ansiedade. Causa indiferença ao invés de relaxamento. Causa desmotivação ao invés de paz interior. Todos muito mais próximos da psicopatologia do que do bem-estar – afirma o texto, citando a psiquiatra Analice Giglioti, da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

– Assim, o que nosso país precisa é de um sério trabalho e investimento na prevenção! A prevenção no sentido de educar, conscientizar o jovem para assumir atitudes responsáveis na identificação e no manejo de situações de risco que a droga pode causar e que possam ameaçar a sua dignidade – completa, pedindo para que o cristão “não deixe de contribuir na discussão deste tema tão importante para a sociedade brasileira”.

Malafaia divulgou a campanha também através das redes sociais, publicando uma chamada para a campanha em sua conta no Twitter.

O pastor Silas Filho também divulgou a campanha na rede social.

Participe da enquete na camara votando contra a descriminalizacao das drogas. veja nohttp://t.co/j6DvSmwbBT

— _pr_silasfilho (@PrSilasFilho) 8 maio 2014

Clique aqui para participar da enquete.

Por Dan Martins | Fonte:Gospel+

Apesar das recentes polêmicas, Rachel Scheherazade renova contrato por mais 4 anos com o SBT

A jornalista evangélica Rachel Scheherazade, que recentemente causou polêmica com seus comentários sobre os “justiceiros” que prenderam um suposto assaltante nu a um poste na zona sul do Rio de Janeiro, renovou essa semana seu contrato com o SBT.

Scheherazade chegou à emissora como uma contratação pessoal de Silvio Santos, mas a repercussão de suas opiniões transmitidas pelo telejornal que apresenta iniciou uma polêmica nacional, motivando uma representação contra o SBT no Ministério Público e até mesmo a censura de opiniões nos programas jornalísticos da emissora.

Nas últimas semanas, a jornalista chegou a negociar sua saída para a Band, mas reuniões com a cúpula do SBT ao longo dessa semana culminaram na renovação de seu contrato. Após reunião com o vice-presidente José Roberto Maciel e o diretor de programações, Leon Abravanel, seu contrato foi renovado por mais 4 anos.

– A proposta da Band me deixou dividida quanto ao meu futuro, mas não foi adiante. Não senti segurança no projeto que eles tinham para mim na emissora. Não ficou claro onde iria atuar: se faria bancada com o Boechat, se iria para o Café com Jornal, ou se estaria junto com o Boris Casoy. Diante das incertezas, achei melhor optar por não trocar de casa – afirmou a jornalista.

– Estou feliz em renovar com o SBT. Desejo que essa parceria possa ser duradoura e produtiva – afirmou Rachel.

Rachel comentou também sobre a censura de opiniões que ainda vigora nos telejornais do SBT, e afirmou que o próprio Silvio Santos lhe garantiu que essa situação será revertida em breve.

– É interesse da emissora que as opiniões voltem. Não sei se após as eleições, eles não me falaram de prazo. Mas o próprio Silvio Santos me falou que eu ficasse tranquila, pois as opiniões irão voltar. Acho que ele fala sério, afinal o sucesso do SBT Brasil e o diferencial do programa são exatamente as opiniões dos âncoras. O Joseval Peixoto também sente falta – afirmou a jornalista, em entrevista à revista Veja.

– Eles estão pensando num programa que aborde temas polêmicos e que possa trazer opiniões conflitantes de especialistas e também de leigos, mostrando uma variedade de pontos de vista. A conclusão do programa traria a minha opinião. Mas nada está definido. Acredito que, com o contrato assinado, vamos sentar para pensar o programa. Cada coisa ao seu tempo – completou.

Por Dan Martins | Fonte:Gospel+

Menino de seis anos de idade opera milagres ao impor as mãos sobre enfermos e orar por cura

Um menino de seis anos de idade tem sido o centro das atenções numa igreja do estado norte-americano da Pensilvânia por impor as mãos sobre enfermos e estes serem curados. Joey, como é chamado o menino, tornou-se uma espécie de canal de milagres quando sua tia estava doente e ele orou por ela de forma espontânea.

A tia de Joey, Mindy, estava debilitada e recusando visitas, quando o menino insistiu para vê-la. Ao encontrá-la, foi sincero e objetivo, segundo sua mãe: “Joey colocou a mão na sua cabeça, e disse: ‘Pai Celestial, peço-lhe para tocar a minha tia Mindy e curá-la, porque sabemos que por suas palavras ela será curada. Obrigado por sua cura em nome de Jesus. Amém”.

A situação de Mindy, até aquele momento, era bastante grave: “Quando chegamos à casa, fiquei chocada com a forma como a minha irmã me olhou. Eu quase não a reconheci. Ela estava tão fraca, que nem sequer conseguiu levantar a cabeça do sofá, onde ela estava deitada e coberta. Ela só abriu os olhos e olhou para nós. A pele estava pálida; Havia círculos escuros sob os olhos afundados, gotas de suor em sua testa, e dava a impressão de que estava morrendo. Joey olhou para ela e disse: ‘Eu vim para orar por você. Eu vou curá-la em nome de Jesus’. Eles apenas se entreolharam em silêncio, como se estivessem tendo uma conversa que ambos entendiam. E ela cedeu”, relatou a mãe do menino.

Segundo ela, durante a oração, o aspecto de debilidade foi sendo substituído por uma aparência mais saudável: “Enquanto ele orava, abri meus olhos e fiquei admirada com a transformação que eu estava presenciando. Foi um milagre. Se eu não tivesse visto isso por mim mesmo, eu não teria acreditado. A cor começou a subir de volta em seu rosto. Seus olhos sem brilho começaram a brilhar. Aquela pessoa que estava fraca demais para levantar a cabeça, agora tinha se sentado”.

A tia do menino, grata pela cura, afirmou ao Charisma News que Joey era a representação da providência divina: “Ele era a resposta às minhas orações”. A jornalista Becky Fischer comentou em seu texto sobre o menino que “é vital que entendamos o potencial de até mesmo as crianças mais pequenas, quando eles são ensinadas sobre a Palavra de Deus, pois quando os dizemos no que crer, eles entregam uma fé muito maior do que todos os adultos”.

Atualmente, pessoas enfermas vão aos cultos da igreja frequentada pela família de Joey e recebem orações do menino, com imposição de mãos, para que sejam curadas.

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Testemunho: pastor diz que música gospel o ajudou a deixar a homossexualidade; Assista

Testemunhos de pessoas que se descrevem como ex-homossexuais e que afirmam terem abandonado a prática através do Evangelho vêm se tornando cada vez mais comuns nos últimos anos, com a intensificação do debate entre cristãos e ativistas gays. O pastor Donnie McClurkin é mais uma voz que se junta ao coro dos que são gratos pela “libertação” da homossexualidade.

O testemunho de McClurkin vem percorrendo o mundo desde que ele revelou que foi tocado pela música gospel, e que através dela, abandonou a homossexualidade. De acordo com o pastor, música e oração formaram a receita que recuperaram sua heterossexualidade.

“Deus usou a música livre de toda a escravidão gradualmente, até que o que as pessoas pensavam de mim deixou de importar, e eu pude passar por cima da opinião das pessoas, superei o espírito de rejeição, e pude ver em mim que os outros não têm como eu”, afirmou McClurkin.

Sobre o início na homossexualidade, o pastor afirmou que as vozes que diziam que era certo eram mais presentes do que as que diziam ser errado: “As pessoas me disseram que eu poderia fazer. Eles não me disseram quem eu era, nunca foi dito que eu poderia desenvolver meu potencial. Eu coloquei as algemas e me limitei”.

O pastor afirmou que teve problemas emocionais em sua juventude, incluindo a morte de um irmão, abuso de drogas na família, abuso sexual que sofreu de seu tio e, posteriormente, pelo primo, e que isso influenciou na sua opção homossexual mais à frente. “Eu já passei por isso e tenho experimentado o poder de Deus para mudar o meu estilo de vida, e eu sei que Deus pode dar isso a outros também”, concluiu o pastor Donnie McClurkin.

Confira o testemunho do pastor no vídeo (em inglês) abaixo:

Seleção vai para a Copa com vários evangélicos

Com a convocação dos 23 jogadores que integrarão a Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo, acabou o mistério e a expectativa. Durante meses surgiram boatos especulações e muitos nomes foram “cavados” por especialistas.

Embora a lista final não tenha apresentado grandes novidades, ficando dentro do esperado, os nomes que ficaram de fora também se tornaram assunto ao longo do dia.

Pouco tempo depois do anúncio oficial, por volta do meio-dia, a página oficial do Atletas de Cristo no Facebook comemorou: “Você orou conosco e quatro de nossos atletas foram convocados hoje para a Copa deste ano. Jefferson, Fernandinho, Hernanes e Fred”. Centenas de comentários mostravam que as pessoas ignoram o fato de o atacante Fred ser evangélico.

Uma reportagem recente do programa Globo Esporte revelou que Fred frequenta a Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul, no Rio de Janeiro. O atacante do Fluminense foi evangelizado pelo pastor Gilmar Santos, esposo da cantora Aline Barros, e chegou a frequentar a CEIZS por um tempo, parou e desde o início de 2014 voltou a ser visto no templo.

O goleiro Jefferson é bem articulado em relação a sua fé. Ano passado, o arqueiro do Botafogo envolveu-se em polêmica e quase foi penalizado por ter desenhado na cabeça um peixe, símbolo do cristianismo.

Um jogador evangélico que não foi mencionado pelos Atletas de Cristo, mas que constantemente fala sobre sua fé é o zagueiro David Luiz, do Chelsea. Ele usou as redes sociais para comentar a convocação, postando a mensagem “Viver esse momento é inexplicável! Quero agradecer a Deus, minha família e amigos! Farei de tudo para honrar meu povo!”.

Kaká, do Milan, e que comemorou o penta em 2002 mostrando uma camiseta com a frase “eu pertenço a Jesus”, não foi chamado. Ele não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Por outro lado, o meia-atacante Lucas Moura, do PSG, que também ficou de fora da lista final, surpreendeu. Ele postou apenas versículo da Bíblia no Twitter. “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. 1 João 5:4”. O jogador teve essa sua mensagem republicada centenas de vezes e a maiorias das pessoas deu apoio, pedindo para ele “não desanimar”.

Se em 2010 a Seleção tinha na figura de Jorginho (auxiliar de Dunga) um evangélico fervoroso que reunia os jogadores evangélicos constantemente para orar, no período sob a liderança Mano Menezes os pastores perderam acesso à concentração. Felipão nunca demonstrou contrariedade e no grupo vencedor de 2002 havia vários jogadores evangélicos.

Fonte:GospelPrime

Adolescente corta a própria língua para oferecer a deus hindu

De acordo com o jornal Daily Mail um adolescente indiano resolveu cortar sua própria língua como um ato de devoção ao seu deus hindu. Lalmohan Soren, de 17 anos, foi encontrado no Templo Mahedevgarha, na Índia, nesta quarta-feira (7) por religiosos que chegaram cedo para fazer suas orações matinais.

O jovem estavam ensanguentado e apontou para uma tigela onde havia colocado sua língua com uma nota que dizia: “Eu cortei minha língua e ofereci ao deus Shiva. Por favor, não me tirem do templo porque eu só quero me assentar aos pés de deus”.

Os religiosos chamaram o líder do templo que conseguiu convencer Soren a ser hospitalizado. Os médicos tentaram costurar a língua do jovem, mas não tiveram sucesso. Soren mora em uma região que, de acordo com o tablóide inglês, é comum ter tribos supersticiosas, como a Santhal, que são famosas por praticarem rituais incomuns para agradar seus deuses.

A família do adolescente ficou chocada com a atitude dele e para os jornais locais a mãe, Lalmuni Soren, afirmou que seu filho é envolvido com a religião desde a infância.

“Ele tem grande interesse em rituais, mas eu nunca imaginei que ele teria coragem de tirar a língua para agradar os deuses. Eu não sei o que acontecerá com ele agora, porque nunca mais vai falar corretamente. O futuro dele será com deuses”, disse ela.

Lalmohan não consegue mais falar e está em casa se recuperando apenas com alimentos líquidos. A família acredita que os deuses irão lhe recompensar por tamanho sacrifício.

Fonte:GospelPrime

Grupo arrecada 28 mil dólares para criar estátua de Satanás

Um grupo satanista americano conseguiu juntar dinheiro para erguer uma estátua de Satanás no estado de Oklahoma.

Para erguer a estátua de 2,13 metros de altura o grupo “Satanic Temple” (Templo Satânico) recorreu ao crowd-funding no site Indiegogo, um site de ‘vaquinha virtual’ que recebe doações para os mais diferentes projetos.

Com a ajuda dos internautas o grupo conseguiu juntar 28 mil dólares, a quantia necessária para confeccionar a estátua de Baphomet que será feita em bronze.

A obra mostra satanás como um homem com cabeça de bode sentado em um trono tendo um menino e uma menina de cada lado. Com o dinheiro em mãos, o Satanic Temple terá que conseguir um artista plástico que queira trabalhar com o molde que já está pronto.

O porta-voz do grupo, Lucien Greaves, afirmou em entrevista ao site ABC News que não tem pressa em inaugurar o monumento. “Estamos com calma ao invés de ter pressa, o trabalho de escultura do monumento está quase terminado. Ele definitivamente será em bronze. Não quero cravar datas de seu término… mas deve levar mais alguns meses”, garantiu.

A ideia de criar uma estátua para cultuar a Satanás gerou polêmica no estado de Oklahoma. O grupo satanista quer se valer da máxima de que o Estado é laico e deve aceitar a representação de todas as religiões, não só do cristianismo.

A princípio eles tentaram retirar uma estátua religiosa que mostra os dez mandamentos descritos na Bíblia, como não conseguiram eles então criaram uma estátua para ser exibida ao lado do monumento cristão.

Fonte:GospelPrime