Arquivos do Blog

[Vídeo] Cristãos são presos em universidade por distribuírem panfletos dizendo que a homossexualidade é pecado

Dois evangelistas foram presos no campus de uma universidade canadense por distribuírem folhetos que pregavam contra a homossexualidade, dizendo que a prática é pecaminosa. Peter LaBarbera e Bill Whatcott  fazem parte de um grupo chamado The Truth About Homosexuality (“A verdade sobre a homossexualidade”, em tradução para o português).

Os cristãos foram abordados por um funcionário da universidade, que pediu que eles se retirassem, pois a instituição tinha regras que proibiam a distribuição de folhetos em suas dependências.

Na conversa, o evangelista Whatcott rebateu o funcionário dizendo que eles estavam exercendo seu direito à liberdade de expressão, e que haviam procurado a universidade para conseguir permissão e foram ignorados.

“Eu não vou sair. Você é o intolerante e deveria ter vergonha de si mesmo por não permitir a nossa mensagem sem sequer pensar nisso”, disse Whatcott. Segundo informações da CBC News, pouco tempo depois vários policiais chegaram ao local e algemaram os evangelistas.

Os representantes da universidade explicaram sua decisão de chamar a Polícia: “Somos um campus diversificado e acolhedor. Nós celebramos a diversidade e nossa equipe sentiu que o material e algumas das coisas que eles tinham eram simplesmente inconsistentes com a política do campus e os pediram para sair”, disse Tom Chase, um dos vice-presidentes da universidade.

Por Tiago Chagas | Fonte: Gospel+

Deus e Jesus são palavras mais usadas em “twitter” chinês

Uma reportagem da “Foreign Policy” mostra que Jesus e Deus são algumas das palavras mais faladas no “Weibo”, uma rede social chinesa semelhante ao Twitter.

O gráfico mostra que Deus é mais falado que Mao Tsé-Tung, Confederação Cristã é mais citada que o Partido Comunista e Jesus é mais falado pelos usuários do que o presidente Xi Jinping.

A pesquisa foi feita no dia 3 de abril pela Foreign Policy em parceria com a Tealeaf Nation usando o sistema Weibo Search.

Outros temas cristãos aparecem na pesquisa, incluindo a palavra “Bíblia” que rendeu mais de 17 milhões de resultados de busca. Já as citações do Presidente Mao do “Livro Vermelho” aparecem menos de 60 mil vezes.

Ainda mostrando os resultados em números, a pesquisa compara as quase 18 milhões de citações ao nome de Jesus com os 4 milhões de mensagens com o nome do atual presidente da China.

A China ocupa a 37ª posição na classificação de Perseguição Religiosa do ministério Portas Abertas. Mas a pesquisa em questão não mostra o aumento de cristãos no país, mas pode indicar que há muitas postagens que são apagadas por conta dos censores do governo que limitam o conteúdo que cita os principais líderes chineses. Com informações Estadão.

Fonte:GospelPrime

Qual o destino de bebês que morrem? Pastor John Piper afirma que “todos são salvos por intermédio de Cristo”; Assista

A salvação é um dos marcos da mensagem do Evangelho, tendo no sacrifício de Jesus na cruz a redenção do pecador que crê n’Ele e O aceita. No entanto, muitas perguntas são feitas a respeito de que destino teriam crianças e pessoas com problemas mentais que não tiveram acesso à mensagem do Evangelho e a chance de decidir aceitar a Cristo ou não.

A dúvida, recorrente no meio cristão (principalmente entre novos convertidos), foi feita ao pastor John Piper, líder do ministério Desiring God, e a resposta do pastor levantou questões como coerência e responsabilidade.

“Eu acho que todas são salvas”, disse o pastor. “A razão de eu achar isso é porque, em outras palavras, eu não acredito no princípio que diz que crianças nascidas de pais casados estão seguras, e crianças nascidas de pais separados não estão”, afirmou Piper.

Segundo ele, a “razão para pensar que todas elas são salvas é por causa do princípio em Romanos 1, onde Paulo argumenta que todas as pessoas que conhecem Deus não têm desculpa para não glorificá-lo como Deus”.

Piper explica que o “argumento é de que elas não têm desculpa porque elas têm conhecimento, e suas responsabilidades na presença de Deus no julgamento final serão baseadas, pelo menos em parte, no conhecimento que elas tiveram acesso. E Deus fala que todas elas tiveram acesso ao conhecimento, porque elas podem olhar as coisas que Ele fez e ver seu poder e divindade, mas elas suprimem esse conhecimento em vez de se submeterem a ele, então elas são todas condenadas”.

Sobre sua crença de que as crianças e pessoas com incapacidades mentais serão salvas, o pastor aplica o mesmo conceito no sentido inverso: “O princípio que está sendo levantado é de que se você não tem acesso ao conhecimento que te faz ser indesculpável, então você não será culpado. Eu acho que esse é o caso. E eu acho que bebês e deficientes mentais, ou seja, aqueles com profunda deficiência mental, não tem acesso ao conhecimento que eles serão chamados para serem responsáveis. Portanto, de alguma forma, Deus, por intermédio de Cristo, abrange essas pessoas”.

Assista:

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Pastor e sua esposa são agredidos por fiel dentro da igreja

Um pastor evangélico de 47 anos e sua esposa, 40 anos, prestaram queixa de agressão contra um fiel. O boletim de ocorrência foi feito por volta das 22h do domingo (2) em uma delegacia de Presidente Prudente (SP) minutos depois da confusão.

De acordo com o site G1, o fiel chegou na igreja, localizada no Jardim Morado do Sol, acompanhado de sua mulher, mas foi embora em seguida. No final do culto ele retornou e foi conversar com o pastor para reclamar da presença de dois usuários de droga.

No boletim consta que o homem alertou o pastor dizendo que ele “deveria cuidar melhor da igreja, batendo com o dedo no peito da vítima”.

O pastor tentou argumentar, mas foi agredido pelo homem que teria perdido o “controle emocional”, segundo a declaração do líder religioso.

O pastor levou um soco no rosto e teve o braço esquerdo machucado. A esposa do pastor tentou ajudá-lo, mas também foi agredida na mão e no punho.

Depois da confusão o agressor deixou o local em seu carro e as vítimas foram direto para a delegacia prestar queixa. O pastor e sua esposa têm seis meses para entrar com uma ação judicial contra o homem.

Fonte:GospelPrime

Católicos são os mais liberais entre religiosos no Brasil

Católicos são os mais liberais entre religiosos no Brasil

O Instituto de Pesquisas Datafolha decidiu investigar qual a diferença entre o que a igreja prega e o que os católicos pensam ou praticam. Sabe-se do tamanho da Igreja Católica no Brasil, considerada a maior do mundo, e das questões históricas. Afinal, o “catolicismo cultural” parece ser a norma, incluindo o hábito de batizar os filhos e ir à igreja apenas para casamentos e funerais.

Nas últimas décadas, a maioria dos sacerdotes e dos fieis passaram a defender a chamada “primazia da consciência”, onde cada pessoa tem abertura para tomar suas próprias decisões sobre temas que não afetariam o cerne da fé.

Numa análise preliminar, não é difícil perceber que os católicos do Brasil demonstram ser mais “liberais” que os cristãos de outros segmentos.

Brigas históricas, por exemplo, como o uso de preservativos, apesar de proibido pelo Vaticano, encontra um alto índice de aprovação (93%). O mesmo vale para a pílula anticoncepcional (85%)

No tocante ao questionamento se uma mulher pode celebrar uma cerimônia religiosa, a aprovação dos católicos (64%), é maior que a dos evangélicos pentecostais (56%) e dos não pentecostais (58%).

Perguntados sobre as uniões homossexuais, 41% se declaram favoráveis. Em comparação, ainda é menor que a aceitação entre espíritas (64%) e adeptos da umbanda (53%).  Os mesmos 41% se mostraram favoráveis à legalização do aborto.

Mais metade dos católicos (52%) ainda defendem um clero celibatário, embora se digam desanimados com os constantes casos de abuso e pedofilia.  Por outro lado, antes um tabu, o divórcio já é aceito como natural para 67% dos católicos.

Como mostra o quadro abaixo, ainda existe uma diferença razoável entre o que os católicos dizem aceitar e o que eles gostariam que o novo papa aceitasse.

 Católicos são os mais liberais entre religiosos no Brasil

Fonte:GospelPrime

Vídeos contra pastores são virais no Brasil

Imagem de Chuck Norris é usada para criticar telepastores

O ator de cinema e TV ficou conhecido por ter sido campeão de Karatê por 7 anos seguidos, nas décadas de 1960 e 1970. Depois, a maioria de seus papeis era de um sujeito durão, que resolvia os problemas com violência.
Pouca gente conhece o ‘outro lado” de Norris, um cristão devoto, que frequenta a igreja batista desde criança. Em um vídeo onde dava seu testemunho, Chuck declarou: “Homens de verdade vivem para Cristo. É importante que você encontre sua paz com Cristo enquanto a oportunidade existir. A vida é tão frágil, que nunca sabemos o momento em que ela pode chegar ao fim. Talvez ela termine num abrir e fechar de olhos… e aí pode ser tarde para aceitar o dom divino da salvação”.
No ano passado, ele e sua esposa, Gena, convocaram os cristãos evangélicos norte-americanos para defender os valores cristãos e não votarem em Obama.
Mas no Brasil a imagem de Chuck está sendo associada a um vídeo que não dá uma boa impressão dos pastores. Totalizando quase 500 mil visualizações, imagens de um antigo filme de Chuck, editadas com pedidos dos telepastores R R Soares, Valdemiro Santiago e Edir Macedo têm feito bastante sucesso na internet. Rapidamente, as imagens foram colocadas em diferentes canais e outras variações surgiram. Possivelmente, trata-se de um dos primeiros “virais” de 2013.
Embora seja apenas uma brincadeira, os comentários sobre o material no Youtube e nas redes sociais deixa claro que muitos brasileiros sentem-se incomodados com algumas coisas que são ditas em programas evangélicos. Em especial, quando se refere a pedir dinheiro dos fiéis.
Assista aos vídeos abaixo e tire suas próprias conclusões:
Valdemiro Santiago:

R.R. Soares:

Edir Macedo:

Valdemiro Santiago quebra o silêncio, responde acusações contra a Mundial e afirma que dízimos da Universal são usados para pagar salários de funcionários da Record

Valdemiro Santiago quebra o silêncio, responde acusações contra a Mundial e afirma que dízimos da Universal são usados para pagar salários de funcionários da Record

O apóstolo Valdemiro Santiago afirmou, em resposta à entrevista com o demônio feita pelo bispo Edir Macedo, que somente Deus pode operar milagres e frisou que “o homem não pode pregar a palavra de acordo com interesse disto ou aquilo, mas sim como ela realmente é”. A afirmação ocorreu em um dos programas da Igreja Mundial do Poder de Deus na RedeTV!, segundo informações do The Christian Post.
O rompimento do silêncio sobre os ataques sofridos pela Igreja Mundial veio junto com um questionamento por parte do apóstolo: “Você acredita na Bíblia, em Deus ou no demônio?”, perguntou, antes de afirmar que ninguém pode operar milagres sem permissão de Deus. “Preste atenção, não existe uma religião no mundo, não tem um pastor, nem apóstolo, nem bispo, nem padre (…) ninguém no mundo está credenciado a fazer isso se Deus fizer e não o credenciar”, disse o líder da Mundial.
Usando os relatos de curas e milagres dos fiéis da denominação como exemplo, Santiago perguntou se o diabo seria capaz de promover tantas manifestações: “O diabo faz isso, o homem faz isso? Não, só Deus faz”, afirma Valdemiro.
A guerra por membros entre Mundial e Universal tem ganhado destaque na mídia. Recentemente a revista Veja atribuiu as manifestações demoníacas em cultos da IURD a uma estratégia da direção da igreja para frear o êxodo de membros que tem migrado para a igreja de Valdemiro.
O líder da Mundial criticou também o dinheiro proveniente de dízimos e ofertas dos fiéis que a Igreja Universal repassa à TV Record para pagar salários de seus apresentadores e diretores, e afirmou que apesar dos fortes investimentos para que a emissora do bispo Edir Macedo ocupe a liderança de audiência, a Globo “nunca perderá a liderança”.
Atualmente, a Igreja Mundial do Poder de Deus é a denominação com maior tempo de programação em emissoras de TV aberta do país, e uma das que mais crescem em número de fiéis.
Fonte: Gospel+

Cristãos são apedrejados no Monte do Templo

Um grupo de cerca de 50 palestinos muçulmanos apedrejaram esta semana um grupo de turistas cristãos no Monte do Templo, em Jerusalém. Vários ficaram seriamente feridos, mas ninguém morreu,

Três policiais israelenses que tentaram proteger o grupo cristão foram atingidos pelas pedras arremessadas contra eles, disse o site Israel Today.

A polícia prendeu 11 palestinos envolvidos no ataque. Muitos deles são crianças. A justificativa para o apedrejamento seria uma resposta ao apelo do líder muçulmano Ekrama Sabri. Ele  afirmou semana passada que grupos judeus planejavam entrar nas mesquitas e profanar seus recintos sagrados.

Sabri conclamou que todos os muçulmanos deviam proteger as mesquitas de Jerusalém de uma “conspiração israelense contra a cidade e seus lugares sagrados”.

Os líderes religiosos muçulmanos seguidamente alegam que Israel está conspirando para destruir o “Domo da Rocha” e a mesquita de Al Aqsa visando com isso abrir o caminho para a reconstrução do Templo. A Bíblia relata que ali foi construído o Templo de Salomão, desctruido e reconstruído depois por Herodes. O Muro das Lamentações, localizado algumas centenas de metros do alto do monte contraria os argumentos islamitas de que ele nunca existiu.

Apesar de o Monte do Templo ser o lugar mais sagrado para os judeus e muitos cristãos, a polícia israelense tem atendido as exigências muçulmanas para restringir severamente a presença de visitantes não-muçulmanos. Por exemplo, há muito tempo judeus e cristãos são proibidos de levar a Bíblia para o Monte do Templo para fazer orações silenciosas.

Isso seria uma ofensa aos muçulmanos. É comum judeus e cristãos serem presos por violarem esta medida “de segurança”.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Israel Today

Padre chama os protestantes evangélicos de otários

Pe. Paulo Ricardo fala que os protestantes são otários por crerem que Jesus é o único mediador além de dizer que a igreja protestante ser orgulhosa…