Arquivos do Blog

Testemunho: pastor diz que música gospel o ajudou a deixar a homossexualidade; Assista

Testemunhos de pessoas que se descrevem como ex-homossexuais e que afirmam terem abandonado a prática através do Evangelho vêm se tornando cada vez mais comuns nos últimos anos, com a intensificação do debate entre cristãos e ativistas gays. O pastor Donnie McClurkin é mais uma voz que se junta ao coro dos que são gratos pela “libertação” da homossexualidade.

O testemunho de McClurkin vem percorrendo o mundo desde que ele revelou que foi tocado pela música gospel, e que através dela, abandonou a homossexualidade. De acordo com o pastor, música e oração formaram a receita que recuperaram sua heterossexualidade.

“Deus usou a música livre de toda a escravidão gradualmente, até que o que as pessoas pensavam de mim deixou de importar, e eu pude passar por cima da opinião das pessoas, superei o espírito de rejeição, e pude ver em mim que os outros não têm como eu”, afirmou McClurkin.

Sobre o início na homossexualidade, o pastor afirmou que as vozes que diziam que era certo eram mais presentes do que as que diziam ser errado: “As pessoas me disseram que eu poderia fazer. Eles não me disseram quem eu era, nunca foi dito que eu poderia desenvolver meu potencial. Eu coloquei as algemas e me limitei”.

O pastor afirmou que teve problemas emocionais em sua juventude, incluindo a morte de um irmão, abuso de drogas na família, abuso sexual que sofreu de seu tio e, posteriormente, pelo primo, e que isso influenciou na sua opção homossexual mais à frente. “Eu já passei por isso e tenho experimentado o poder de Deus para mudar o meu estilo de vida, e eu sei que Deus pode dar isso a outros também”, concluiu o pastor Donnie McClurkin.

Confira o testemunho do pastor no vídeo (em inglês) abaixo:

Peçam perdão a Deus, diz mãe de jovem morto por “justiceiros”

Um crime brutal chocou moradores da cidade de Serra (ES). Um jovem de 17 anos foi morto pelos moradores que o acusaram de estuprar uma mulher.

Alaiton Ferreira era negro e já havia sido apreendido por furto. Ele era usuário de drogas e não reagiu ao grupo de “justiceiros” que o rodearam no domingo (6) e o atacaram com pedras, socos e chutes.

De acordo com o jornal “Gazeta Online” o adolescente foi acusado de estuprar uma mulher em Vista da Serra II, porém a suposta vítima não registrou queixa.

O ataque ao jovem foi registrado em vídeo e postado na internet. Alaiton foi encontrado pelos moradores revoltados e levado até as margens da BR 101 onde aconteceram os golpes.

Quando a polícia Militar chegou ao local o jovem estava bastante machucado e foi encaminhado ao Pronto Atendimento (Upa) de Serra-Sede e em seguida levado ao Hospital Jayme dos Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, onde morreu, na noite de terça-feira (8).

Ao ser notificada da morte do filho, a doméstica Diva Suteiro Ferreira clamou por justiça e disse que os agressores precisam pedir perdão a Deus.

“Acredito na justiça divina. Peço que essas pessoas peçam perdão a Deus pelo que fizeram ao meu filho”, disse ela que procurou o filho em diversos hospitais e delegacias até encontrá-lo no hospital horas antes de falecer.

“Meu filho foi vítima de uma injustiça. Ele já foi preso por furto, usava droga, mas não estuprou ninguém, jamais faria isso”, disse a mãe.

O caso foi registrado no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) e o delegado Ludogério Ralff disse ao jornal local que os populares estavam bastante alterados, tanto que os policiais militares precisaram usar spray de pimenta para contê-los.

O caso foi registrado como crime de lesão corporal, mas nenhum autor do espancamento foi identificado. Com a morte do adolescente, o caso para a ser investigado pela Delegacia de Crimes contra a Vida (DCCV).

Fonte:GospelPrime

Valdemiro Santiago grava programa na Rede TV e diz que macumba pega

Nesta terça-feira (8) o apóstolo Valdemiro Santiago gravou uma participação no programa “Luciana By Night”, na Rede TV. O religioso teve a oportunidade de falar sobre sua vida e sobre religião.

O talk show apresentando por Luciana Gimenez questionou Santiago a respeito de temas variados, entre eles se o religioso acreditava em macumba e se ela pega.

“Ah pega. Em mim não pega, não”, disse ele que contou que na infância recebeu um patuá de uma macumbeira que queria protegê-lo, mas no final ele acabou se tornando rebelde e brigando com todos em sua volta. “Então pegou [a macumba], porque eu fiquei amigo dela e inimigo de todo o mundo”.

Em outro ponto da entrevista o fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus disse que não há diferença entre as igrejas. “As igrejas são iguais, Deus é que faz a diferença na vida da gente; Deus não está preocupado com o nome de igreja ou a religião. Ele está preocupado conosco”, disse.

Em sua visão não é preciso seguir uma religião, basta “amar a Deus, temer a Deus e amar o próximo como a ti mesmo”. “Essa história de religião, de placa de igreja, não existe. Reino de Deus não tem um cantinho pra essa ou aquela igreja, não”, afirmou Santiago.

Luciana Gimenez pediu para que ele comparasse as religiões, mas ele se isentou dizendo que prega a palavra de Deus e que tudo que acontece em sua igreja é feito por Deus. Ele também nega que seja milagreiro. “Quem faz milagre é Deus, é Jesus Cristo. O milagre é pela fé”.

A participação de Valdemiro Santiago no programa “Luciana By Night” vai ao ar na próxima terça-feira (15) a partir das 23h.

Fonte:GospelPrime

Volto ao SBT se Deus quiser, diz Rachel Sheherazade

Em entrevista à Folha de São Paulo a jornalista Rachel Sheherazade negou que esteja afastada do SBT por conta da pressão política que a emissora de Silvio Santos está sofrendo de partidos de esquerda.

A âncora do “SBT Brasil” disse que pegou férias e que volta ao comando do jornal na próxima segunda-feira. “Estou de férias (12 dias) no Nordeste! Já estavam programadas há três meses. Volto segunda-feira, se Deus quiser.”

Os rumores da imprensa eram que o SBT foi obrigado a afastá-la para não perder a verba pública de publicidade. O pedido para cancelar a verba do canal partiu da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) que fez representação junto à Procuradoria Geral da República (PGR) contra a jornalista.

Feghali afirma que durante o comentário sobre o caso do menor infrator que foi amarrado em um poste no Rio de Janeiro, a jornalista fez apologia ao crime. Sheherazade já se defendeu dizendo que não apoiou o ato, mas que disse ser “compreensível” a atitude da população diante da ineficiência do Estado.

Apesar de toda a polêmica envolvendo seu nome, Rachel não pretende deixar de dar sua opinião. “Continuarei. E quando não mais eu falar, vocês saberão que a censura venceu a liberdade de expressão!”.

O SBT também desmentiu o afastamento e disse que adiantou as férias da jornalista para que ela possa participar da cobertura da Copa do Mundo que acontece em junho.

Fonte:GospelPrime

Magno Malta diz que existem 867 projetos no Congresso contra a família e critica proposta de legalização da maconha; Assista

O senador Magno Malta esteve no programa Vitória em Cristo, apresentado pelo pastor Silas Malafaia, no último sábado, 29 de março, e falou sobre os desafios que a sociedade brasileira enfrentará nos próximos meses, com a possibilidade de votação de projetos que sejam contra o princípio de família.

De acordo com Malta, existem 867 projetos no Congresso Nacional que de alguma forma agridem a família tradicional, assim como os princípios cristãos, assim como o sepultado PLC 122/06, que era tido como uma ameaça à liberdade de crença e expressão.

Sobre o Novo Código Penal, o senador afirmou que existem “incoerências”, como por exemplo, a pena para agressão a animais ser maior do que a pena para agressões a pessoas. Malta também frisou que, se aprovado, o projeto prevê a redução da faixa etária em que se considera abuso sexual contra menores, de 14 para 12 anos de idade.

Magno Malta criticou duramente os projetos do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que propõe a legalização da prostituição e do consumo da maconha, dizendo que o país poderá se tornar num “paraíso da contravenção” internacional, pois as fronteiras do Brasil são abertas.

No final da entrevista, o pastor Silas Malafaia propôs aos telespectadores que reflitam sobre a necessidade de eleger políticos que tenham compromisso com a defesa da família. Assista:

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Paciente em coma diz ter encontrado Jesus e médico confirma possibilidade: “É algo real”

O testemunho de uma mulher que foi declarada morta e alegou ter visto Jesus enquanto permaneceu inconsciente foi corroborado por um médico. De acordo com o neurocirurgião Michael Minotti, os encontros de quem passa por uma situação como essa são “reais”.

Debbie Cain, moradora do estado norte-americano da Carolina do Norte, afirmou que após seu coração ter “parado durante a cirurgia” de remoção do apêndice, teve uma visão do céu: “Eu comecei a sentir este amor de dentro, era quente e como a luz que eu vi começou a limpar tudo por completo, pude ver Jesus em pé por lá. Ele olhou para mim e sem eu dizer uma palavra, Ele me tocou e disse ‘Agora não, minha filha’. A próxima coisa que eu lembro, é que eu estava acordada em uma sala de recuperação”, testemunhou ao Christian Post.

Debbie afirmou ainda que antes da experiência sobrenatural, não era uma pessoa religiosa, mas agora, não tem mais motivos para duvidar da existência de Deus.

O médico Minotti afirmou que já viu outros pacientes passarem pela mesma circunstância, e por isso passou a pesquisar situações de quase morte em que os pacientes alegaram terem tido encontros com Deus. Sua pesquisa, afirma, o levou a concluir que “há mais evidências de que [os encontros] são reais do que o contrário”.

“Há casos de pessoas cegas que tiveram uma experiência de quase morte. Estiveram clinicamente mortos, e foram ressuscitados, deixando seus corpos e vendo a luz pela primeira vez. Todavia, eles explicam detalhes a respeito dos esforços de reanimação, que de algum modo poderia ter acontecido”, revelou o neurocirurgião, que também abandonou o ceticismo sobre a existência de Deus após sua pesquisa.

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Porta dos Fundos diz que Deus engravidou um homem para ter um filho transexual em vídeo

Os humoristas do Porta dos Fundos resolveram voltar a usar a religião para produzir um novo episódio de seu canal no YouTube e dessa vez, misturaram a anunciação com a homossexualidade.

No vídeo, Fábio Porchat interpreta o anjo Gabriel que anuncia a um homem que ele será pai do segundo filho de Deus, e terá uma gestação como a de uma mulher, de nove meses, e o parto será normal.

Questionado sobre o motivo de tudo isso, Gabriel diz que não sabe ao certo, mas “Deus é Deus e faz o que quer”. O “escolhido” para a gestação levanta a pergunta sobre o fato de ser homem e não ter útero, e Gabriel responde sadicamente: “Pois é né, mas Maria era virgem…”.

O anjo diz ainda que “Maria está ciumenta” com a história de um segundo filho, mas “Deus está com as minorias” e o bebê será transexual.

O Porta dos Fundos já causou inúmeras discussões por conta de suas piadas com a fé cristã, e esteve no centro de uma polêmica com o pastor Marco Feliciano, que enviou uma representação contra os humoristas ao Ministério Público. O promotor José Paulo França Piva, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) conduz as investigações sobre as supostas ofensas.

Por conta dos palavrões usados no diálogo, não publicaremos o vídeo.

Por Tiago Chagas |Fonte: Gospel+

[Big Bang] Nova descoberta confirma relato do Gênesis sobre a criação do universo, diz professor: “Negar isso agora é negar a ciência”

O físico Nathan Aviezer, professor da Universidade Bar Ilan, afirmou que o Big Bang – termo usado pelos cientistas para descrever a explosão que iniciou o universo – confirma o relato do livro de Gênesis, e portanto, corrobora a versão do criacionismo sobre a origem da vida.

Segundo Aviezer, a divulgação de uma nova descoberta científica a respeito do Big Bang, chamada de “elo perdido da cosmologia”, confirma a ideia de que o universo tenha sido criado, e não resultado do acaso.

“Uma coisa que o anúncio faz é deixar claro que o universo teve um ponto de partida definido – a criação – tal como descrito no livro de Gênesis. Negar isso agora é negar um fato científico”, afirmou o físico ao jornal Times, de Israel.

As afirmações do professor se referem ao relatório divulgado pelo astrônomo John M. Kovac, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica. O cientista anunciou na última segunda-feira, 17 de março, ter encontrado as provas que estava buscando para apoiar a teoria de que o universo teve um começo.

Segundo o relatório de Kovac, os astrônomos de sua equipe confirmaram que haviam detectado o início do Big Bang, e que a “teoria da infalação” criada décadas atrás pelo físico Alan Guth sobre a forma como o universo se expandiu uniforme e rapidamente parecia correta.

De acordo com o WND, Kovac afirmou que seu estudo detectou ondulações no tecido do espaço-tempo – que alguns estão chamando ondas gravitacionais – que podem ser descritas como uma assinatura do evento de criação.

“Sem abordar quem ou o que causou isso, a mecânica do processo de criação do Big Bang coincide com a história do Gênesis perfeitamente. Se eu tivesse que inventar uma teoria para coincidir com as primeiras passagens de Gênesis, seria a teoria do Big Bang”, comentou o professor Aviezer, explicando que a seqüência da criação na narrativa do Gênesis começa com o nada, evolui para uma bola de energia e luz, e, em seguida, para o universo.

“No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. Disse Deus: ‘Haja luz’, e houve luz. Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. Deus chamou à luz dia, e às trevas chamou noite. Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o primeiro dia” -Gênesis 1:1-5.

Aviezer não se furtou a comentar o assunto a partir da perspectiva da religião: “Como cientista eu digo às pessoas que a fé em Deus é pessoal. Nós nunca empiricamente podermos ‘provar’ a existência de Deus. A Torá cita Deus dizendo: ‘Haja luz’, e a ciência nos diz que esta luz veio à existência, explodindo para criar o universo como o conhecemos… Nesse ponto, eu acho que nós podemos dizer que a criação é um fato científico”, concluiu o professor.

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Pastor diz que demônios recebem permissão para assombrar a partir de filmes de terror

https://i0.wp.com/media.nbcbayarea.com/images/654*368/Pat-Robertson.jpg

O polêmico televangelista americano Pat Robertson afirmou que filmes de terror podem dar aos demônios “permissão” para assombrar uma pessoa. A afirmação de Robertson foi feita durante entrevista ao programa de televisão “The 700 Club”.

Durante o programa o apresentador leu uma carta de uma telespectadora com o nome de “Michele” que questionou a ligação entre filmes de terror e as assombrações demoníacas.

“Eu estava assistindo a um filme de terror que me foi recomendado pro amigos. Foi muito estranho e muito macabro. E então, no domingo passado, eu me envolvi em um acidente quando saia da igreja”, escreveu Michele. “Será que assistir esse filme trouxe uma maldição, ou de alguma forma a proteção de Deus foi retirada de sobre mim? Será que eu entristeci o Espírito Santo por assistir aquele filme?”, questionou.

A pergunta foi lida durante uma série de perguntas e respostas feitas a Robertson. Ele aproveitou para contar uma história que diz ter sido verídica de um adolescente que estava possuído por demônios.

“Alguns anos atrás ouvi falar de um adolescente que estava possuído por demônios, e as pessoas começaram a lidar com o demônio e tentar expulsá-lo. E você sabe o que o demônio disse? ‘Eu tinha permissão’”, disse Robertson.

O pastor afirmou que a permissão foi dada a partir de quando o adolescente decidiu assistir um filme de terror.

Sobre a telespectadora, Robertson disse não acreditar que esta era uma questão de possessão demoníaca.

“Eu não acho que você tenha sido possuído por demônios. Eu não acho que qualquer coisa que aconteceu com você tenha sido por maldição. Mas, no entanto, você deve declarar vitória e pleitear o sangue de Jesus Cristo sobre a sua vida”, disse Robertson.

Não é a primeira vez que Robertson faz declaração polêmica sobre o tema. Ano passado o líder evangélico foi questionado por um telespectador chamado Carrie se era possível existir espíritos demoníacos nas roupas que havia recebido como doação.

Robertoson respondeu que sim, que era possível, mas que estes espíritos não estariam em cada peça de roupa doada. “Um espírito demoníaco pode se ligar a objetos inanimados. Minha resposta para você é que isso é possível. Mas eu não acho que cada camisola que você recebe do Goodwill tem demônios nele”, respondeu Robertson. Com informações Christian Post.

Fonte:GospelPrime

Mensagem falsa diz que religião será proibida no Facebook

Milhares de pessoas no mundo compartilharam imagens que informavam a proibição de posts com dizeres religiosos e palavrões no Facebook.

O texto dizia que a rede social estaria atendendo ao pedido dos anunciantes que queria uma rede “mais lógica e mais adulta” e que todos os usuários que desrespeitassem as regras seriam investigados.

Depois de fazer sucesso entre os usuários a mensagem foi analisada pela empresa de segurança Sophos que constatou que se trata de um trote, não sendo uma mensagem oficial do Facebook.

A imagem continhas erros de gramática, o que já apontava como sendo um trote, e também um erro técnico, pois falava de “leis” definidas pelo departamento legal do Facebook, mas a empresa de Mark Zukerberg não tem leis, e sim diretrizes.

Post falso Facebook

Para evitar a divulgação de informações falsas como essas, a Sopho aconselha que os internautas pesquisem sobre os assuntos antes de compartilhar esse tipo de informação, analisando bem para saber se o post soa como verdadeiro ou não.

Fonte:GospelPrime