Missão Portas Abertas organiza seminários para promover a reconciliação entre cristãos e muçulmanos e construir a paz

A Missão Portas Abertas tem ministrado seminários de conscientização sobre o islamismo a cristãos que vivem em países onde a perseguição religiosa é intensa.

A proposta é mudar a forma como cristãos e muçulmanos se relacionam, promovendo o respeito e tolerância entre adeptos das duas crenças.

“Em 2013, o treinamento alcançou 157 líderes de igreja, obreiros e fiéis em duas províncias temporárias da Indonésia. Os objetivos principais deste treinamento foram explicar as diferenças entre ensinos islâmicos e bíblicos, estimular uma maior interação entre cristãos e muçulmanos e incentivar o evangelismo para que, apesar da perseguição, os cristãos permaneçam fiéis ao seu chamado”, informa um comunicado no site da Missão.

O principal motivador para essa iniciativa é a forte ascensão do radicalismo islâmico em diversos países onde a religião é maioria. Na Indonésia, por exemplo, os cristãos que vivem em áreas rurais enfrentam restrições e oposição por parte das autoridades locais, o que tem levado a hostilidades de ambas as partes.

Outro exemplo é a Nigéria, onde o grupo extremista Boko Haram tem impetrado ataques terroristas constantes contra cristãos, e somente nos últimos meses, fiéis foram assassinados queimados vivos e vilas e templos cristãos foram destruídos.

De acordo com a Portas Abertas, onde o curso é ministrado, o conhecimento adquirido a respeito do islã aumenta a confiança dos cristãos para interagir com muçulmanos: “Depois do seminário, tenho estado mais em contato com muçulmanos. Agora que eu compreendo melhor os ensinamentos dos mulçumanos, posso começar uma conversa sobre um tema com o qual eles estejam familiarizados”, afirmou um dos participantes. “Sinto-me mais seguro e à vontade ao falar com eles. Eu não estava tão confiante antes do treinamento porque não entendia o mundo deles”, acrescentou outro aluno.

A iniciativa tem rendido frutos, de acordo com o comunicado da Missão Portas Abertas. O relato de outro participante do seminário mostra que os muçulmanos passaram a ser mais abertos à convivência pacífica com cristãos: “Temos estado mais ativos em reuniões comunitárias com os muçulmanos. Dessa forma, não somos vistos como arrogantes ou exclusivistas”, afirmou.

“A aceitação da comunidade tem ajudado alguns cristãos a alcançar posições estratégicas e reverenciadas que são cruciais para a construção da paz”, conclui a Missão Portas Abertas.

Por Tiago Chagas | Fonte:Gospel+

Anúncios

Sobre Click Gospel

O Seu portal de Notícias Gospel

Publicado em 23/03/2014, em Notícias e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: